domingo, 4 de janeiro de 2009

Todos os homens do presidente

Félix Maier

29/09/2006

Nestes tempos do escândalo do dossiê forjado, convém lembrar os nomes que formam a quadrilha que tomou de assalto a nação brasileira.


"Minha vontade era não voltar para o Brasil" (Desabafo de Lula, em Nova York, ao tomar conhecimento do escândalo do “dossiêgate". Bem que poderia se asilar em Cuba…).

Nestes tempos em que ferve o escândalo do dossiê armado por petistas contra os tucanos, que pode levar as eleições presidenciais a um segundo turno, convém lembrar os nomes que formam a quadrilha que tomou de assalto a nação brasileira:

José Dirceu: ex-ministro da Casa Civil no governo Lula, foi exonerado “a pedido”, depois que o deputado cassado Roberto Jefferson (PTB-RJ) o acusou de ser o chefe da quadrilha especializada em desviar dinheiro público e comprar apoio político, que passou a ser conhecido como “mensalão”. É o chefe da arapongagem petista e continua trabalhando para o PT nos bastidores, em contatos que vão desde Fidel Castro, Hugo Chávez, Evo Morales, até o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Gilberto Carvalho: chefe-de-gabinete pessoal do presidente Lula. Na CPI dos Bingos, foi acusado pelos irmãos do prefeito assassinado Celso Daniel de participar do esquema de desvio de recursos de prefeituras petistas para financiar o caixa dois do partido (para as eleições de Lula e Marta Suplicy).

Antonio Palocci: ex-ministro da Fazenda do governo Lula. É acusado de violar o sigilo bancário do caseiro Francenildo e de coordenar um esquema de fraudes em contratos municipais quando prefeito de Ribeirão Preto, SP. Candidato a deputado federal nas eleições de outubro.

Leia texto completo em http://www.midiasemmascara.org/?p=5551