quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Por que o feijão custa tão caro?

Félix Maier

26/09/2008

Há dois motivos para o feijão ter ficado tão caro para os brasileiros:


1) Os assentados do MST, que somente no governo FHC receberam um Paraná inteiro, ao custo aproximado de R$ 25 bilhões, gastam todo o dinheiro que recebem do Incra para comprar insumos agrícolas, não grãos, nem adubo, mas pano vermelho, muito pano vermelho, para confecção de bonés (que Lula usa com orgulho!), bandeiras e camisas. Só fazem turismo pelo Brasil. Plantar feijão, que é "bão"...

2) O governo brasileiro gastou R$ 40 milhões para formar um astronauta-turista na NASA, Marcos César Pontes, que entrou em órbita para plantar feijão na Estação Espacial Internacional. Plantar feijão em ambiente de microgravidade! A colheita ainda não foi feita porque é preciso mandar um outro astronauta até à Estação. E o feijão subindo de preço! Quem se habilita a viajar ao Cazaquistão e pegar o foguete, ao preço de outros 10 milhões de dólares?

Ah! Outra missão importantíssima do astronauta brasileiro foi iniciar experimentos com a luz que emana dos vagalumes, a tal bioluminescência. Quem sabe, para descobrir como iluminar as cidades ecologicamente corretas do futuro, apertando o rabo de milhões, bilhões, trilhões desses insetos que costumam aparecer no Natal?

Está provado que a vocação brasileira é fazer turismo, não plantar feijão!

Entenderam por que o feijão está custando até R$ 6,00 o quilo?