domingo, 4 de janeiro de 2009

Lula solta a língua "plesa" e elogia "Folo" de São Paulo

Félix Maier

10/09/2005

Lula mente quando afirma que o Foro de São Paulo tinha como objetivo encontrar "uma saída democrática para a esquerda na América Latina". Quem se alia a Fidel Castro quer muita coisa, menos democracia.


Finalmente, Lula se tornou réu confesso ao declarar que sempre foi "militante" do Foro de São Paulo, uma entidade que as esquerdas negavam que existia e que a mídia dizia que era uma alucinação de Olavo de Carvalho (Cfr. http://www.midiasemmascara.org/?p=3674).

Durante uma formatura no Itamaraty, Lula passou a elogiar o "Barbaroja" tupiniquim para assuntos de subversão na América Latina, Marco Aurélio Garcia, e soltou a língua "plesa": "E, para nossa felicidade, muitos companheiros que eram militantes de esquerda na década de 80 estão se transformando em governo. Então, nós passamos a ter uma relação privilegiada com presidentes e com ministros que eram militantes, junto conosco, do Foro de São Paulo, tentando encontrar uma saída democrática para a esquerda na América Latina" (Blog do Noblat).

Leia texto completo em http://www.midiasemmascara.org/?p=4407.

O Presimente

Que Lula é mentiroso tem-se a prova, abaixo, muito antes de ele se tornar presidente, antes também de Boris Casoy ser demitido da Record. O "democrático" PT não ia querer conviver com perguntas indiscretas de Casoy durante 8 anos, a respeito da relação umbilical de Lula com Fidel Castro. O "picareta" a que se refere Lula é o preso político cubano Armando Valladares, autor do livro Contra toda a esperança, o qual ficou preso durante 24 anos e sofreu maus tratos, além de fome, de modo que quase ficou aleijado, tendo que usar cadeira de rodas durante 8 anos. O algoz de Valladares é o amigo do peito de Lula, o coma andante Fidel Castro. No governo Lula, é crime esclarecer a verdade. A propósito, preste atenção à ameaça de Lula a Boris, para ele "nunca mais repetir isso no vídeo".

http://www.youtube.com/watch?v=WkZxfTcS5Aw

O Foro de São Paulo

No vídeo abaixo, na voz de Olavo de Carvalho, conheça o plano Fidel-Chávez-Lula de transformar a América Latina em uma nova União Soviética através do Foro de São Paulo, entidade negada pelo PT durante 15 anos e que congrega partidos políticos de esquerda da América Latina e grupos terroristas, como as FARC da Colômbia e o MIR do Chile.

http://www.youtube.com/watch?v=VzNo048DoSI&feature=related