terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Pablo Neruda 100 anos

Félix Maier

12/07/2004

Neruda mistura nomes de libertadores do século XIX com líderes do comunismo que promoveram a carnificina de milhões de seres humanos no século XX.

O poeta chileno Pablo Neruda completaria hoje 100 anos se ainda vivo fosse. Nasceu com o nome de Neftalí Ricardo Reyes, em Parral, no dia 12 de julho de 1904, e faleceu em Santiago em 23 de setembro de 1973.

Filho de ferroviário, passou sua infância no sul do Chile, na região dos grandes lagos, a caminho da Patagônia. Elegeu os índios macuches como seus inspiradores ancestrais. Depois de cursar a Universidade do Chile, onde estudou francês durante dois anos no Instituto Pedagógico, ingressou na carreira diplomática. Como estudante, participou ativamente de manifestações ideológicas e artísticas, época em que começou a escrever as primeiras poesias.

Depois de levar uma surra do pai, que não queria vê-lo poeta, adota o pseudônimo de Pablo Neruda, em homenagem ao escritor tcheco Jan Neruda.

Leia texto completo em http://www.midiasemmascara.org/?p=2675#more-2675